Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

City Lights

Aluna da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts (e de Medicina, nos tempos livres)

City Lights

Aluna da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts (e de Medicina, nos tempos livres)

Amores não correspondidos

Há coisas para as quais não tenho sentido crítico nenhum, e uma delas é a Chanel. Para mim é tudo lindo, tudo maravilhoso, tudo encantador. Um cocó da Chanel? Ai, mas que coisa mais bela! Não há cocó no mundo como este, que é da Chanel. E pronto, é assim, haverá por aí gente com defeitos piores.

Disto isto, assim que apareceram na Zara uns sapatos muito parecidos com uns da Chanel que tinha visto há uns tempos, passou-se a seguinte conversa aqui em casa:

Eu, embevecida, qual mãe a olhar para o filho recém-nascido: Olha que sapatos tão lindos!

Mãe, estando-se nas tintas para os meus sentimentos: Cruzes filha, acho que nem a tua avó os queria!

Eu, incrédula: Mas parecem aqueles da Chanel, lembras-te de quando tos mostrei?

Mãe: Lembro, também eram feios.

 

E pronto, assim se parte o coração a uma filha. 

Capturar.PNG

Capturar2.PNG

 

Hoje voltei a lembrar-me do assunto porque vi uma pessoa com os sapatos calçados (versão Zara, claro está) e até não desgostei. Apesar de tudo pude constatar (com muita tristeza, diga-se de passagem) que realmente não é sapato para qualquer pezinho e que em mim iam, muito provavelmente, ficar mal. É assim a vida, não basta gostar dos trapinhos, é preciso também saber usá-los.

 

Pim Pam Pum... E agora qual escolho?

Fui hoje ao Braga Parque com o único objectivo de levantar umas encomendas, mas acabei metida num grande sarilho. Como não tinha as horas contadas, acabei por me perder um bocadinho a ver as novidades... e dizer ''perder um bocadinho'' é o eufemismo do século!

Fartei-me de vestir e despir roupa, de cada vez que estava quase a sair da loja via qualquer coisa que me agradava e lá ia eu outra vez para o provador! Apontei mentalmente tudo o que tinha gostado e tratei logo de enviar à minha mãe, convencidíssima de que ia ter aprovação imediata. Mas não. Recebo de volta uma mensagem a perguntar: ''Qual queres?'' Ora, que raio de pergunta é essa? Se eu envio trinta peças é porque quero as trinta peças, não ando aqui a enviar coisas à toa! Não colou. O veredicto foi escolher uma peça e deixar as outras para depois. E como o que tem que ser tem muita força, optei pelo blusão e despedi-me a muito custo dos restantes, não sem antes lhes prometer que, no que depender de mim, nos voltaremos a ver muito em breve!

Alguma ideia sobre o que devo escolher a seguir?

Capturar2.PNG

Capturar1.PNG

Capturar.PNG

 

*Tudo da Zara, excepto o lenço e o blusão, ambos da Stradivarius. 

 

 

O que eu gosto de botas!

Só na última semana comprei quatro pares de botas. Mas caaaalma, que eu não ganhei o Euromilhões! Comprei-os a vinte euros. Vinte euros os quatro. Cinco euros cada par. E não, não são horríveis, e a qualidade, não sendo excelente, é boa. Tive foi a sorte de apanhar a loja em liquidação total, porque ia mudar de instalações (by the way, nunca percebi isto de as lojas terem que se ver livres de tudo antes de mudarem de sítio...). Já tenho comprado lá muita coisa e gosto muito, por isso não tive receio pelo preço ser tão baixo. Fui lá num dia e trouxe dois pares. No dia seguinte não resisti e trouxe outros dois. Ainda fiquei a namorar uns sapatos... pode ser que lá passe outra vez. Tenho é que me despachar, que a notícia espalhou-se e os números desaparecem a voar!

Por agora, estou mesmo é apaixonada por estas da Zara. Acho que mesmo que todas as botas do Mundo estivessem a cinco euros, nenhumas me fariam esquecer estas belezas!

O preço é que é um bocadinho diferente... 70 euros. 

Capturar.PNG

 

A Mala Vermelha

Capturarw.PNG

Terminados os saldos, é tempo de começar a fazer olhinhos às belezas da nova coleção. Ainda não vi nada que me arrebatasse, é certo, mas já houve uma coisita ou outra que guardei, para ir mantendo debaixo de olho e, quem sabe um dia mais tarde, trazer cá para casa. Até agora, esta mala da Mango é a que tem o lugar mais especial no meu coração. Logo eu, que não sou moça para gostar particularmente de coisas vermelhas, fui logo perder-me de amores por ela! Há noutras cores sim, mas perde o encanto. É a número um na minha lista, e tem uma alta probabilidade de me vir fazer companhia nestes dias frios de Inverno muito em breve!

Capturar.PNG

E depois, muito mais dentro da palete de cores que costumo usar, estas duas da Zara. A preta já anda na minha wishlist desde o início do Outono mas, como tenho mais malas pequenas do que aquelas que efectivamente uso, nunca me convenci a ir buscá-la. E cheira-me que, apesar de o meu coração palpitar de cada vez que a vê, ainda não vai ser desta que a compro. 

E a rosa também não. Demasiado parecida com a minha mais recente paixão encarnada para ter alguma hipótese... mas se a tivesse visto primeiro, quem sabe!

 

 

 

 

Era uma vez... uma saia da Zara

Capturar.PNG

Vi esta saia no site da Zara já há umas semanas. Não lhe liguei nenhuma, até porque a tendência patchwork nunca foi uma das minhas preferidas desta estação. 

Mais recentemente, no instagram, apareceu-me a foto de uma blogger a usar a mesma saia. 

Capturar1.PNG

E eu apaixonei-me. Pronto, foi assim amor à segunda vista. 

Mas não pensem que fui a correr comprá-la! Não, que o raio do bicho é em pele e, por isso, custa 40 euros. Por isso controlei-me. Gosto da saia, sim. Fui experimentá-la e não pareço um texugo dentro dela, é um facto. Mas dói-me a alma só de pensar em dar 40 euros por uma simples saia, ainda por cima uma minissaia (porque tem menos tecido, estão a ver a lógica?), que nem sequer é um clássico que eu tenho a certeza que vou poder usar durante anos. É um padrão peculiar, para ser simpática, que não me dá a mínima garantia de que no próximo Inverno ainda vou gostar dela o suficiente para a usar. 

Por isso, como sou a pessoa mais forreta que conheço, vou esperar pelo Black Friday. Ou então, se mesmo assim o preço ainda não me agradar, vou esperar pelos saldos. E acender uma velinha todas as noites para ver se ainda lhe consigo deitar as mãos nessa altura.

 

70's Vibe

Eu sei que ainda está Sol e anda toda a gente a pensar que ainda é Verão e a ver se se safa a usar vestidos, calções e sandálias por mais um mês. Mas já estamos em Outubro e por isso, faça Sol ou faça chuva, eu vou começar a marcar as minhas peças preferidas nas coleções de Outono-Inverno. Há algumas que deixo para os saldos, como é lógico, mas há outras que já sei que não sobrevivem até lá, por isso mais vale deitar-lhes a mão o mais rapidamente possível.

Este ano voltamos muito aos anos setenta, muitas franjas, muita camurça, muito camel... e eu adoro! Confesso que não sou propriamente menina para me vestir dos pés à cabeça de acordo com esta nova tendência, mas acho que fica muito giro em pequenos detalhes. No Inverno não sou de inventar muito: gosto de peças básicas, aconchegantes, e a palete de cores não é muito extensa. Lá acabo por perder a cabeça uma vez ou outra e comprar uma peça mais extravagante, mas acabo sempre por voltar às linhas mais simples.

Por isso este ano vou tentar conjugar esta tendência seventies com o meu estilo mais habitual.

Capturar.PNG

 

Capturar1.PNG

 

Capturar2.PNG

 

Capturar3.PNG

 

Capturar4.PNG

 

Capturar5.PNG